Um grande momento contemporâneo

mais de 60 artistas apresentando sua visãode mundo,
através das suas diferentes gerações


De 23 de agosto a 07 de outubro de 2012 o Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul inaugura sua mais representativa exposição da programação 2012 IDADES CONTEMPORÂNEAS  reunindo nos espaços das Galerias Sotero Cosme e Xico Stockinger, obras de mais de sessenta artistas, cuja produção contemporânea recente virá a incorporar o novíssimo acervo do Museu. A exposição irá contar com intervenções urbanas, vídeos nas redes sociais e filme que Átila Ferrarez e Gabriel Gambá, da GAD'Red– agência que adotou o Museu – criaram sobre o lema: DIFÍCIL É ENTENDER O MUNDO CONTEMPORÂNEO / A ARTE CONTEMPORÂNEA NEMTANTO.

Ana Zavadil, Paula Ramos, Paulo Gomes e Marcelo Gobatto são os curadores que integram este ambicioso projeto, para o qual tiveram a liberdade de convidar artistas de diferentes gerações e linguagens.

Ana Zavadil apresenta em sua proposta curatorial Poéticasem Paralelo artistas que situam o seu intervalo de ação a partir davirada deste novo século: Alexandra Eckert, Ana Flores, Antônio Augusto Bueno, Amélia Brandelli, Bruno Borne, Camila Schenkel, Evenir Comerlatto, Guilherme Dable, Jander Rama, Kátia Costa, Leandro Selister, Leonardo Fanzelau, Marília Bianchini, Rogério Livi e Rogério Severo. As obras escolhidas foram todas concebidas para esta exposição, sem um tema específico, o que se impõe é a poética, pois no cotejo e/ou confronto entre asobras, através desse encontro singular, podemos conferir, comparar eestabelecer novos rumos para a arte contemporânea.

A curadora Paula Ramos convidou os artistas: Belony, Clóvis Martins Costa, Dione Veiga Vieira, Fábio Del Re, Fernanda Valadares, Frantz, Gonzaga, Julio Ghiorzi, Mariza Carpes, Túlio Pinto, Ubiratã Braga e Wilbert. Diante da Matéria é o título da sua curadoria em que apresentam trabalhos queestão entre o racional e o intuitivo, o programado e o casual, o geométrico e oorgânico. Entre a linha e a mancha, a síntese e o excesso, a ordem e o caos.Entre desenho e pintura, pintura e gravura, escultura e desenho, fotografia epintura. As obras apresentadas nesta exposição exploram diferentesprocedimentos e materiais, técnicas e linguagens, gestos e temporalidades, evidenciando o caráter plural da produção contemporânea. Elas também atestam apostura investigativa de seus criadores, artistas que têm problematizado as tradições do campo da arte, suas práticas e conceitos, bem como revisitado suas próprias trajetórias. Diante da Matéria propõe uma experiência entre o espaço, a matéria e o corpo.

Os curadores Paulo Gomes e Marcelo Gobatto assinam a mostra de CORPOIMAGEM com a novíssima produção em vídeo na arte contemporânea brasileira. Esta mostra apresenta a produção de mais de 40 artistas: Alberto Semeler, Ali Khodr, Amélia Brandelli, Ana Norogrando, André Severo, Bruno Borne, Camila Mello, Carlos Donaduzzi, Chico Machado, Claudia Paim, Clóvis Martins Costa, Denise Gadelha, Diogo Dornelles, Dirnei Prates, Elaine Tedesco, Eny Schuch, Fábio Noronha, Fabio Puper Machado, Fabrício Almeida, Fernando Codevilla, Glaucis de Morais, Isabel Ramil, James Zortéa, Jorge Soledar, Kelly Wendt, Letícia Bertagna, Lizangela Torres, Luiz Roque Filho, Mairon Martins, Manuela Eichner, Marcelo Gobatto, Maria Lúcia Cattani, Mirieli Costa, Nelton Pellenz, Niura Borges, Patrícia Francisco, Rafael Roso Berlezi, Rebeca Stumm, Renato Heuser, Rochele Zandavalli, Romy Pocztaruk e Sandra Rey. São filmes e propostas heterodoxas que tem renovado tanto a produção do que vemos, como aforma dos artistas se relacionarem com o cinema.

Para celebrar esta nova fase do acervo do MACRS será lançado no Espaço Vasco Prado, agora dedicado a Ação Educativa do Museu, com sessão de autógrafos, o livro da exposição A MEDIDA DO GESTO (DISTRIBUIÇÃO GRATUITA), que registra o trabalho de curadoria e expografia desenvolvido a partir do acervo do Museu, entre 10 de dezembro de 2011 e 29 de janeiro de 2012, que resultou de uma parceria entre o MACRS e a disciplina Laboratório de Museografiado IA-UFRGS, consistindo em uma proposta de pesquisa e difusão tendo o acervo do Museu como foco de trabalho dos alunos, sob coordenação da Professora Ana Albani de Carvalho.

Também no Espaço Vasco Prado será entregue de volta ao público visitante da Casa de Cultura Mario Quintana a escultura do artista Avatar Moraes, cujo projeto de restauro foi coordenado pelo MACRS em parceria com a Associação deAmigos da Casa de Cultura Mario Quintana.

Com estas atividades o MACRS confirma sua missão de pesquisar, preservar e divulgar a arte contemporânea regional, desenvolvendo propostas educativas que visem à compreensão deste campo da arte em suas várias modalidades, tendo como tarefa principal ser uma instituição que vincule e promova o diálogo entrea grande diversidade de abordagens criativas em artes visuais e as linguagens artísticas contemporâneas em nosso Estado, seguindo em frente rumo a nova sede a ser inaugurada no segundo semestre de 2013 junto ao Instituto Federal de Educação,Ciência e Tecnologia.



Serviço:

IDADES CONTEMPORÂNEAS

Inauguração dia 23 de agosto de 2012 às 19h.

Museu de Arte Contemporânea do RS – Galerias Sotero Cosme e XicoStockinger
Rua dos Andradas, 736, 6°andar – Casa de CulturaMario Quintana
Bairro Centro Histórico – Porto Alegre – RS – CEP 90020004
Visitação até 07 de outubro de 2012
Segundas das 14h às 19h, de terças a sextas das 10hàs 19h
Sábados, domingos e feriados das 12h às 19h